Mais 25 mil peixes são lançados no rio Paraíba do Sul

A Secretaria Estadual do Ambiente (SEA/RJ), em parceria com a Concessionária de Energia Elétrica Light, promoveu, no dia 7 de outubro, mais um lançamento de 25 mil peixes no rio Paraíba do Sul. O evento aconteceu em Barra do Piraí (RJ) e faz parte do Programa de Recuperação da Fauna do Rio Paraíba do Sul, iniciado em junho. A meta do governo fluminense é repovoar o rio com pelo menos um milhão de peixes, nos próximos dois anos, em parceria com empresas privadas.

O repovoamento começou no dia 16 de junho deste ano, com o lançamento de 25 mil peixes na foz do rio Alambari, no município de Resende (RJ). Os próximos lançamentos, ainda sem datas marcadas, estão previstos em Itaocara (25 mil) e na Usina de Ilha dos Pombos (25 mil), localizada no município de Carmo, ambos no Estado do Rio de Janeiro.

A iniciativa da SEA e do INEA reforça o compromisso do Governo do Estado do Rio de Janeiro com a sociedade e com os 1.700 pescadores que vivem exclusivamente da atividade pesqueira no Rio Paraíba do Sul, afetados pelo acidente ambiental ocorrido em novembro do ano passado. Na ocasião, houve o vazamento do pesticida Endosulfan, proveniente da empresa Servatis, atingindo 400 km do rio – desde o município de Resende até São João da Barra, provocando a mortandade de 150 mil toneladas de peixes. O acidente se deu no período de reprodução, o que comprometeu o estoque pesqueiro para os próximos anos.

Estiveram presentes em Barra do Piraí a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos – atual presidente do Comitê de Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul –CEIVAP; o prefeito de Barra do Piraí, José Luiz Anchite; o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), Luiz Firmino Martins; o diretor da Agência do Paraíba (AGEVAP), Edson Fujita; o superintendente de Relações Institucionais e Ouvidoria da Light, Eduardo Camillo, entre outros convidados.

Durante o evento, a secretária Marilene Ramos destacou que foram investidos R$ 4 milhões para o saneamento e a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Piraí, o que beneficiará também a população de Barra do Piraí. “Estamos investindo ainda R$ 30 milhões para sanear 100% da área urbana de Volta Redonda, o que vai beneficiar este município. Além disso, já está em andamento a licitação das obras para a construção de um aterro sanitário em Vassouras que receberá todo o lixo de Valença, Rio das Flores e parte de Barra do Piraí”, acrescentou a secretária.

O presidente do INEA, Luiz Firmino Martins, falou das ações do governo por ocasião do acidente ambiental no Rio Paraíba do Sul. “Durante seis meses, fizemos o monitoramento das águas do Paraíba do Sul, devido ao vazamento do endosulfan. Este importante corpo hídrico foi recuperado e agora estamos efetuando a segunda ação de repovoamento do rio. O Paraíba do Sul tem grande importância para o meio ambiente, sobretudo para os moradores do Rio de Janeiro”, enfatiza. O rio corta quase metade do Estado, passando por 37 municípios, e constitui a única fonte de abastecimento para 85% da população da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

O Superinetende da Light, Eduardo Camillo, disse que a empresa está orgulhosa de participar de um projeto como este. “A Light trabalha pautada pela responsabilidade social e no desenvolvimento sustentável”, diz. “É muito importante essa soltura de peixes para a região e para o Estado, não um legado para hoje, mas para as futuras gerações”, conclui.

O prefeito José Luiz afirmou que em seu primeiro mandato realizou muitas ações em diversas áreas como saúde, educação, obras e que agora estava investindo em Meio Ambiente. Segundo ele, a soltura de peixes em Barra do Piraí é uma grande vitória e os moradores estavam emocionados com o evento. “Na época da tragédia, no final do ano passado, vimos passar pelo rio Paraíba do Sul milhares de peixes mortos e ninguém podia imaginar que haveria o repovoamento”. Ele disse às crianças presentes que antigamente ninguém se preocupava, porque não tinham educação ambiental. “A gente destruiu o Meio Ambiente: somos culpados, mas vamos assumir os encargos da recuperação”.

FONTE: http://www.ceivap.org.br

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, dúvida, crítica ou desabafo, e sempre muito gratificante ter novas opiniões em nossos posts.
Ao deixar um comentário acompanhe-o, com certeza ele será respondido e comentado, afinal todos os comentários são respondidos de alguma meneira.

Muito obrigada pela visita e participação, é uma honra para gente ter sua opinião no Inspiração Verde!

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget

..:: "Inspiração Verde" ::..

.

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa blogarama - the blog directory